No Amapá, Governo do Estado inaugura novo prédio do Detran.

 

novo-detranO governo do estado do Amapá entregou a população, na manhã desta sexta-feira (25), o novo prédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP).

A nova estrutura, que foi ampliada fisicamente, visa oferecer melhores condições de atendimento à população, com a otimização dos serviços ofertados, acessibilidade e inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais.

Com a nova estrutura, será possível a oferta de serviços de atendimento ao público com mais agilidade.

Parlamentares

vereadores-eleitos-no-detranO município de Macapá foi representado no evento pelos vereadores do município, Cláudio Góes (PDT), Odilson Nunes (PRB), Rayfran Beirão (PR), Ruzivan Pontes (SD), Japão (PDT) e Diogo Sênior (PMB).

Maioria dos jovens acredita em qualquer notícia divulgada na internet.

 

internetAs crianças e os jovens têm dificuldade para diferenciar as informações verdadeiras das notícias falsas espalhadas nas redes sociais.

A conclusão é de uma pesquisa realizada pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos.

O estudo testou cerca de sete mil e 800 estudantes dos ensinos fundamental, médio e universitário, de instituições norte-americanas.

Apesar de toda a familiaridade com as tecnologias de comunicação, 80% deles não sabiam distinguir uma notícia de fonte confiável de um conteúdo pago.

Os participantes também foram convidados a analisar a imagem de uma flor deformada, que teria sido atingida pela radiação da usina nuclear de Fukushima, no Japão. Mesmo sem qualquer evidência para confirmar se a informação era verdadeira, 40% deles acreditaram na publicação.

Os responsáveis pela pesquisa concluíram que a maioria dos estudantes, incluindo os universitários, não possui preparo para avaliar o que há por trás de uma informação.

Em Macapá, Proler promove 3º Encontro de Mediadores de Leitura

volnei-canonicaA capital do meio do mundo, Macapá, recebe no período de 24 a 26 de novembro, o III Encontro Anual de Mediadores de Leitura do Proler Municipal. Este ano o tema será “Políticas Públicas de Leitura: professor mediador e os desafios para a construção de um município leitor”.

O Proler – Programa Nacional de Incentivo à Leitura -, do Ministério da Cultura, com 23 anos de autuação no país, firmou parceria em 2013 com a Prefeitura de Macapá, e desde então, vem fazendo mediação de leitura para os professores da rede municipal de ensino.

O programa já atendeu cerca de 1.500 professores, assim como 3,5 mil alunos e mais de 2.000 pessoas da comunidade em geral.

Palestrantes

Nesta edição, o evento terá como palestrante, Volnei Canônica; formado em Comunicação Social/Relações Públicas pela Universidade de Caxias do Sul, com especialização em Literatura Infantil e Juveni. Ele é o idealizador do Centro de Leitura Quindim em São Paulo.

Outra palestrante é Angela Ubaiara: doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (2013), mestrado em Direito Ambiental e Políticas Públicas pela Universidade Federal do Amapá (2008) e graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Amapá (1999). É membro do Grupo de Pesquisa Contextos Integrados de Educação Infantil, da Faculdade de Educação da USP (Feusp).

Macapá recebe o III Fórum Estadual de Aprendizagem Profissional.

Material Forum.cdrCom o objetivo de “Mobilizar, sensibilizar e incentivar ações para a efetivação da aprendizagem”, será realizado nesta sexta-feira (25), 13h30, no Auditório do SEBRAE/AP, o III Fórum Estadual de Aprendizagem Profissional do Amapá.

Foram convidadas mais de 200 empresas para participarem do evento, além de instituições qualificadoras e órgãos públicos visando integrá-los, para assim ampliar as oportunidades, no mercado, de contratação de adolescentes e jovens na condição de aprendizes.

Ao todo, 11 instituições apoiam a iniciativa, são elas: Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá (MPT), Ministério Público do Estado do Amapá (MP-PA), Ministério do Trabalho (MT), Instituto Inova, Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Amapá, Senai, Sest, Senat, CIEE, Fecomércio AP, Senac e o Fórum de Aprendizagem do Amapá.

 

No Amapá, CBF realiza curso de arbitragem.

 

arbitrosComeça nesta sexta-feira (25), 19h, no auditório da Federação Amapaense de Futebol –FAF, um Curso de Arbitragem de Futebol promovido pela Confederação Brasileira de Futebol-CBF.

O curso tem previsão de duração de 3 meses, com aulas teóricas e práticas.

As aulas teóricas serão ministradas no auditório da FAF e as aulas práticas, no estádio Zerão e no campo Turíbio Orivaldo Guimarães (gramado sintético da praça nossa senhora da conceição).

No conteúdo programático: A Legislação Desportiva, Primeiros Socorros, Medicina Esportiva, Preenchimento de Súmulas, Regras de Futebol e Treinamento Técnico (árbitros e assistentes) juntamente com treinamento Físico.

Com informações do repórter fotográfico: Rosivaldo Nascimento.

No Amapá, Semana Inspiração de Negócios aposta na experiência de casos de sucesso amapaenses.

 

sebraeA Semana Inspiração de Negócios do Sebrae traz empresários atuantes no mercado local, empreendedores de sucesso para que possam dividir os conhecimentos práticos adquiridos no dia-a-dia à frente de uma empresa, com empresários e empreendedores que buscam no evento o conhecimento necessário para alavancar o seu negócio.

Os participantes podem obter auxilio e consultoria em diversas áreas da gestão de uma empresa, como visual da loja, técnicas de negociação, vendas, mídias sociais, fidelização do cliente, entre outras. O atendimento é realizado por um empresário, que atua como mentor, apresenta ideias aplicadas em seu negócio que deram certo, e um consultor que trará o conhecimento teórico e especializado para contribuir com a troca de conhecimento.

A mentora Ane Braga é proprietária da Quitanda da Biju, conta que se sente muito feliz em ser reconhecida pelo Sebrae como um caso de sucesso e poder dividir o conhecimento empresarial que obteve no mercado com outros empresários.

“Essa troca de experiência é extremamente enriquecedora, pois você visualiza na prática o que a outra pessoa está fazendo que está dando certo e o que você também pode fazer. Estou acompanhando duas áreas, a de vendas e visual de loja, e sempre falo que esse projeto é muito importante, pois quando um empresário tem a oportunidade de ouvir de outro empresário as estratégias que ele adotou na empresa dele, isso torna o aprendizado, em muitos casos, mais fácil”, afirma a mentora Ane Braga.

A Semana Inspiração de Negócios acontece no período de 21 a 25 de novembro, na Sede do Sebrae em Macapá e no Escritório Regional do Sebrae em Laranjal do Jari. Para público interessado em participar, basta doar 1kg de alimento não perecível para cada capacitação que deseja realizar.

Informações e foto: ASCOM SEBRAE

Em Macapá, AMCAP promove encontro para comemorar o Dia do Músico.

amcap-6
Diretoria da AMCAP

A Associação dos Músicos e Compositores do Amapá-AMCAP, reúne associados e familiares, na tarde desta terça-feira (22), para celebrar o Dia do Músico – 22 de novembro.

O encontro será na sede da entidade, na Rua Professor Tostes, 691 – próximo ao aeroporto de Macapá, a partir das 16h.

O cantor Amadeu Cavalcante, presidente da AMCAP, , disse que embora a situação financeira do estado não seja favorável para grandes festas, mas é importante reunir os músicos da entidade, para “brindar” a data comemorativa.
“Ao longo dos últimos 20 anos, a AMCAP vem desenvolvendo o seu papel de representar os músicos amapaenses, proporcionando espaço e incentivando na produção musical de grandes artistas. É hora de reunir nossos associados para comemorar essas conquistas”. Destacou o presidente.

A DATA
22 De Novembro é o Dia de Santa Cecília – A santa dos músicos – Santa Cecília viveu em Roma, no século III, e participava diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano, nas catacumbas da via Ápia. Ela decidiu viver casta, mas seu pai obrigou-a a casar com Valeriano. Ela contou ao seu marido sua condição de virgem consagrada a Deus e conseguiu convencê-lo. Segundo a tradição, Cecília teria cantado para ele a beleza da castidade e ele acabou decidindo respeitar o voto da esposa. Além disso, Valeriano converteu-se ao catolicismo

Macapá recebe programação do Festival Música na Estrada

brenda-meloA capital do meio do mundo, Macapá, recebe no período de 23 a 27 de novembro, mais uma edição do “Festival Música na Estrada”. Esse ano o evento terá uma programação artística bem diversificada, começando no dia (24), às 19h, no Sesc Araxá, com os “Poetas Azuis”, que é um grupo litero-musical, no dia (25), a “Família Simpirilim” fará o espetáculo “Vou te contar” em dois horários no Centro Cultural João Batista de A. Picanço, às 9h e às 14h.

O Festival se despede da capital amapaense no dia (27), com mais duas apresentações também no Centro João Batista de A. Picanço. O Circo Roda de Ciranda entrará no palco às 16h, com o espetáculo “Som e Cena”, uma viagem musical pelo universo do circo trazendo para o palco os personagens do picadeiro: bailarina, malabaristas, trapezistas, acrobatas aéreos em tecido e lira.

Às 19h, a cantora Brenda Melo encerra com o show “Tática”. O espetáculo consiste na fusão da musicalidade tradicional do Amapá com a musicalidade universal destacando as influências latina e africana.

Aluna do Amapá é finalista do gênero Memórias Literárias na 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa.

 

aluna-macapa-itauForam conhecidos na sexta-feira (18) os 38 finalistas do gênero Memórias Literárias da 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Entre eles, Ketlen Silva de Almeida da Escola Estadual Prof Irineu da Gama Paes, da cidade de Macapá. Orientada pela professora Josefa Maria Taborda do Nascimento Silva, escreveu o texto “Imagens no calor da tarde”. A cerimônia de premiação foi realizada em Fortaleza (CE) e reuniu 125 estudantes semifinalistas vindos de todo o País.

O gênero foi trabalhado por alunos dos 7º e 8º anos do Ensino Fundamental da rede pública. Já foram realizadas as semifinais das categorias Artigo de Opinião, em São Paulo, com estudantes de 2º e 3º anos do Ensino Médio; e Crônica, em Porto Alegre (RS), com estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ano do Ensino Médio. Nesta semana, acontecerá a semifinal da categoria Poema, com alunos de 5º e 6º anos do Ensino Fundamental, em Salvador (BA). Na premiação final serão revelados os cinco ganhadores de cada categoria.

O programa

É realizado pela Fundação Itaú Social e Ministério da Educação (MEC), com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). O objetivo é aprimorar a didática dos docentes de Língua Portuguesa para desenvolver competências de escrita em seus alunos e contribuir com a melhoria do ensino público.

A 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro recebeu mais de 170 mil inscrições e teve a adesão de todos os estados brasileiros, além de 4.874 municípios.

Artigo: “Ainda hoje estarás comigo no paraíso” – Dom Pedro Conti

Pedro_ContiDom Pedro José Conti

Bispo de Macapá

Neste final de semana, o papa Francisco fechará a Porta Santa na Basílica de São Pedro e encerrará, assim, o Jubileu Extraordinário da Misericórdia, iniciado no dia 8 de dezembro de 2015. O mesmo acontecerá em todas as dioceses do mundo. Não será diferente em Macapá. Será neste sábado, 19 de novembro, junto aos nossos irmãos e irmãs das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) reunidos no Encontrão anual. Penso poder dizer que trabalhamos bastante nesse tempo de graça. Abrimos muitas Portas Santas, rezamos e refletimos sobre a Misericórdia do Pai manifestada com as palavras e os gestos de Jesus, com a sua compaixão e a sua vida doada na cruz.

Na Festa de São José, lembramos o “pão de cada dia”, junto ao “Pão da Eucaristia”, mas também o pão da união das famílias, da acolhida dos pobres, da partilha solidária. A primeira experiência da misericórdia e do perdão deve acontecer em nossas casas. No Congresso Eucarístico, as paróquias todas colocaram as Obras de Misericórdia Corporais e Espirituais nas faixas e nas camisetas. Cantamos a Eucaristia “Pão da unidade, alimento da missão”. Nos orientaram as palavras de Jesus na Última Ceia, após ter lavado os pés dos discípulos, “Dei-vos o exemplo” e a despedida do mestre da Lei seguidas à parábola do Bom Samaritano: “Vai e faze a mesma coisa”.  No Círio, chamamos Maria de Rainha e Mãe de Misericórdia. Não faltaram retiros, momentos de espiritualidade e, sobretudo, ocasiões para experimentar o perdão do Pai, através do Sacramento da Reconciliação ou Penitência, que ainda chamamos de “confissão”. Para quem soube aproveitar, ficarão boas lembranças. Tudo foi bonito: evangelização, gestos e eventos. Devemos agradecer ao Pai misericordioso e ao papa Francisco por esse tempo de bênçãos. É neste momento, porém, que devemos nos perguntar o que ficará para a nossa vida de cristãos. A nossa memória é curta e parece que sempre precisamos de algo diferente, algo que pareça novo para lembrar algo bem antigo e que nunca de veríamos ter esquecido. Não foi o papa Francisco que inventou a misericórdia de Deus, fomos nós que, talvez, a tínhamos deixada de lado.

Não foi assim para o evangelista Lucas que, ainda no final do seu evangelho, coloca palavras de bondade e misericórdia na boca de Jesus na cruz, prometendo ao ladrão arrependido o perdão e a acolhida no céu. Essa é a página do evangelho de Lucas que encontramos neste domingo da solenidade de Cristo Rei com a qual, também, concluímos o ano litúrgico. Já refletimos, muitas vezes, que o trono de Jesus é a cruz e que a sua coroa é de espinhos. Os grandes das nações “dominam sobre elas e os que exercem o poder se fazem chamar de benfeitores”. Para Jesus, ao contrário, o maior é aquele que serve a todos. Foi o que ele fe z em toda a sua vida terrena: “Eu estou no meio de vós como aquele que serve” (Mt 22,27).

Todo cristão é chamado a servir. Talvez possa ser este o recado deste Ano Santo extraordinário: sermos servidores da Misericórdia, testemunhas vivas da bondade, da compaixão do perdão do Pai. “Misericordiosos como o Pai” foi o lema deste Jubileu. Vivemos numa sociedade complexa, onde sobram violência, corrupção, desinteresse e ganância e faltam acolhida, honestidade, solidariedade e generosidade. Se não queremos desperdiçar o que aprendemos no Ano Santo da Misericórdia precisamos viver a bondade. Papa Francisco pede às dioceses algum sinal, algum gesto que faça essa memória. Veremos o que será possível fazer p ara nós como Igreja local, mas todos poderemos fazer, pessoalmente, algum gesto simples de perdão e reconciliação. Talvez algo desejado e adiado há muito tempo. Também com o Senhor será sempre possível nos reconciliarmos. A porta do seu coração nunca será fechada. Se depois conhecemos alguma situação de pobreza e desemprego e uma ajuda real está ao nosso alcance, por que não aproveitar ainda deste tempo de compaixão? “Hoje” disse Jesus mais uma vez lá na cruz. O “hoje” dos servos da misericórdia que não deixam para amanhã o bem que podem fazer agora. Um hoje, um já, que pode valer o paraíso para sempre.