Pesquisa aponta que 54,31% dos brasileiros estão procurando troca de dívida através de plataforma de empréstimo online

 

lendico-pauta-newsLendico, plataforma de empréstimo pessoal online levantou dados com 89.412 pessoas em outubro que aponta a procura dos tomadores por troca dívida, 54,31%, ou seja, trocar dívidas como cartão de crédito e cheque especial por outras mais baratas. Em segundo lugar o principal motivo pela procura foi novos negócios, 16,72%, pequenos e médios empresários que não conseguem crédito no banco e procuram a plataforma.

A concentração de pedidos é no estado de São Paulo, seguido por Rio de Janeiro e Minas Gerais, sendo que os homens, entre 21 e 40 anos, procuram mais esse tipo de empréstimo. O levantamento ainda mostra que os empregados CLT do setor privado são os campeões na procura por empréstimos com taxa justa.

Lendico

Lançada em julho de 2015 no Brasil e presente em mais de cinco países, a Lendico chegou para mudar o cenário e a visão sobre crédito pessoal no País. Por meio de um site que proporciona segurança e facilidade de acesso, a empresa oferece as melhores taxas de juros do mercado, mostrando que um empréstimo pode ser uma alternativa vantajosa para quitação de dívidas com tranquilidade ou até mesmo para a realização de um sonho.

No Pará, Arco Norte deve aumentar competitividade agrícola do Brasi.

helder-barbalho-pauta-news“Precisamos mostrar ao Brasil que o Arco Norte é a garantia para o Brasil ser mais competitivo no mercado internacional. Só assim os estados que estão acima do centro-oeste terão condições necessárias de competir. E o Pará, em face à sua localização, será o que hoje Santos é para o Sudeste”, afirmou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, durante o ‘2º Fórum de debates: A Logística voltada para o Arco Norte’, realizado pelo Centro de Estudos e Debates Estratégicos (Cedes), na sexta-feira (02), em Barcarena (PA).

O objetivo do Fórum foi debater meios de fortalecer a região norte como rota estratégica de escoamento da produção, buscar formas de viabilizar projetos e investimentos em infraestrutura e logística que contribuam com esse processo e reunir sugestões para solucionar os entraves.

O Governo Federal tem investido em projetos e obras para promover o desenvolvimento econômico regional e integrar as regiões. Dentro dessa política, uma das ações é fortalecer o Arco Norte como rota de transporte da produção.

Como o Ministério da Integração Nacional atua em várias frentes para incentivar o desenvolvimento e a economia dos estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, Helder Barbalho tem participado das articulações para viabilizar investimentos que contribuam com esse objetivo.

Por meio dos fundos e incentivos fiscais, gerenciados pelo Ministério da Integração Nacional, diversos projetos e obras na área de infraestrutura e logística receberam financiamentos e o benefício da redução no imposto de renda para investimentos na região Norte. De 2015 até o momento, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) aprovou cerca de R$ 13 bilhões em incentivos, financiamentos e convênios para a região, tais como empresas de transmissão de energia elétrica e ferrovias.

No Amapá, torre de TV desaba em cima do prédio da emissora.

tv-santana-2 “Um grande susto”. Assim definiu um dos apresentadores da STN TV, na tarde desta sexta-feira (02), em Santana, município próximo a capital do Amapá, Macapá, que viu de perto a torre da emissora desabar em cima do Studio de TV.
tv-santana“Por sorte ninguém ficou ferido. Mas, a estrutura chegou a perfurar a camada acústica do estúdio”. Disse um dos apresentadores.

A emissora de televisão no horário da tarde transmite programas locais, ao vivo.

tv-santana-3Este é o segundo episódio com desabamento de torres de TV no município de Santana. Há alguns meses outra estrutura semelhante caiu. Ninguém ficou ferido.

No Amapá, assinado o contrato para a construção do 1º. Hospital Universitário no estado.

cam02d
Imagem cedida pela assessoria especial da reitoria – Unifap

A assinatura do contrato para a construção do 1º. Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal do Amapá (Unifap), aconteceu na manhã desta sexta-feira (02), no prédio anexo do Tribunal de Contas do Estado do Amapá (TCE/AP), em Macapá.

O consórcio formado pelas empresas paulistas e paranaenses JOTA ELE Construções Civis, SH, CDG e Damiani foi o ganhador da licitação e a primeira etapa da obra custará R$ 172 milhões.

O HU será um hospital de média e alta complexidades e terá  40 mil metros quadrados dentro do campus Marco Zero do Equador, em Macapá (AP). O Hospital contará com 300 leitos, sendo 60 para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 240 para internação, além de um heliporto.

O novo centro, caso seja concluído, deve gerar cerca de 1.500 empregos diretos. Disponibilizando diariamente, em torno de 1.920 consultas, 719 exames de patologia clínica e 35 ultrassons.

Etapas de construção

Serão duas etapas. Na primeira, a construção do prédio começará no início de 2017, com previsão de três anos para a conclusão da obra. Em 2020, será entregue a primeira etapa, com 33 consultórios, 140 leitos hospitalares e 60 de UTI e outras áreas e unidades de atendimento. Na segunda fase, o HU ganha mais 100 leitos de internação e 27 consultórios.

A UNIFAP vem enfrentando sérios problemas financeiros para gerir suas atividades no Amapá, conforme matéria já publicada neste site.

Em Macapá, Concurso Rainha das Rainhas do Carnaval chega a 35ª. edição.

rainha-das-rainhas-pauta-news
Foto: Rosivaldo Nascimento

O lançamento do tradicional concurso de beleza carnavalesco será nesta sexta-feira (02), 20h, na sede do Trem Desportivo Clube, no bairro Trem, em Macapá.

Com 18 anos a frente da organização do concurso, Socorro Marinho, disse que está tudo pronto para a realização do evento que é a marca do luxo e um grande espetáculo no carnaval amapaense.

As candidatas, com idade mínima de 18 anos, e altura mínima de 1,57 metros representam escolas de samba, associações, clubes esportivos e empresas. Durante o período que antecede ao concurso, também cumprem uma extensa agenda de visitas a patrocinadores, instituições e eventos ligados ao carnaval.

Em 2016, a jornalista e estudante de odontologia Nataly Uchôa, de 22 anos, foi eleita a rainha no concurso, representando a escola de samba Maracatu da Favela.

A 35ª. Edição do “Rainha das Rainhas” está marcado para o dia 18 de fevereiro de 2017.

“Ninguém está acima da lei”, diz Humberto em debate no Senado sobre abuso de poder.

foto_-lideranca-do-ptUm dia depois de ter votado a favor do fim do foro privilegiado de autoridades públicas, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), afirmou que ninguém está acima da lei e que é necessário, também, coibir os abusos por parte de agentes do Estado. A declaração foi dada durante sessão temática no plenário da Casa que tratou do projeto de lei do abuso de autoridade na manhã desta quinta-feira (1º).

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes e o juiz Sérgio Moro estavam presentes no evento. No discurso, o parlamentar defendeu a proposta, que tramita na Casa e está sob a relatoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), e ressaltou que todos, sem exceção, devem o respeitar a legislação brasileira.

“Não queremos interferir no direito de um juiz julgar e interpretar a lei. Só que existem coisas que são muito objetivas. Por exemplo, se a lei fala em 10 dias para cumprimento de algo, então não cabe qualquer interpretação aí, pois está escrito de forma clara”, observou Humberto. “A lei de abuso de autoridade não vem para combater autoridades. Vem para combater abusos”.

O senador avalia que nem a magistratura nem o Ministério Público (MP) – e nem o povo brasileiro – devem ficar preocupados com o projeto que vai sair do Congresso Nacional, pois o relator é uma pessoa equilibrada e experiente, com robusta vida pública.

Na fronteira do Amapá, a ponte que não liga a nada.

oiapoque-3
Ponte sobre o Rio Oiapoque. Fotos: Clay Sam

No extremo Norte do Brasil, entre as cidades de Oiapoque (Amapá) e St. Georges (Guiana Francesa), o símbolo da má gestão da aplicação do dinheiro público e da ineficiência governamental se destaca no meio da floresta amazônica, sobre o rio Oiapoque. É a ponte entre a América Latina e a União Européia, que está pronta há mais de quatro anos e sem data para sua utilização.

A ponte estaiada com 378 metros de comprimento teve um custo de US$ 30 milhões (R$ 118,5 milhões). Mas segundo autoridades brasileiras, a falta de documentos e desentendimentos impede a ponte de funcionar. Por inúmeras vezes sua inauguração foi adiada. A última delas seria no fim deste semestre, conforme anunciou no inicio do ano, o governo do Amapá. O que não deve ocorrer.

oiapoque-4 A obra foi anunciada oficialmente em 1997 pelos presidentes da França e do Brasil à época, Jacques Chirac e Fernando Henrique Cardoso, e tinha o objetivo de impulsionar o intercâmbio e desenvolvimento nos extremos dos dois países.