Prefeitura abandona obra do Mercado Central de Macapá, denunciam empreendedores.

Dezenas de empreendedores que trabalhavam no interior e no entorno do Mercado Central de Macapá, participaram da sessão da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (30). Eles vieram denunciar e cobrar a intermediação dos parlamentares junto à Prefeitura da capital, no que se refere a conclusão das obras do complexo turístico.

A obra foi iniciada pela Prefeitura de Macapá em julho de 2015, com previsão de ser reinaugurado em maio de 2016. Posteriormente para setembro de 2016, e por último para março deste ano.

José Marcelo, representante dos empreendedores do Mercado Central.

José Marcelo, representante dos empreendedores do Mercado Central, esteve na tribuna da Casa e, denunciou ao que chamou de “abandono” do logradouro público. “Estamos vindo à esta Casa, pedindo que os senhores possam nos ajudar para que esta obra seja concluída. Nem prefeito, nem secretário dão qualquer posicionamento sobre o andamento ou não”, acrescentou o representante.

O líder disse também que a paralisação das obras tem gerado prejuízos para todos. “Sapateiro, ourives, lojas, lanchonetes e restaurantes estão com quedas nas vendas, devido a estrutura precária montada pela Prefeitura”, denuncia Marcelo.

Segundo José Marcelo, com este período chuvoso, surgiu outro problema no que tange a saúde pública. Pois o esgoto a céu aberto exala mal cheiro e serve como criadouro de mosquitos causadores da Dengue, Zika e Chikungunya.

O investimento no valor de R$ 2,6 milhões para a obra de reforma do Mercado Central de Macapá, foi financiado pelo Programa Calha Norte, do Governo Federal, por meio de emenda parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *