Em Macapá, Yuri Pelaes vai propor abertura de CPI contra prefeito Clécio Luis

Vereador Yuri Pelaes (PMDB)

O vereador Yuri Pelaes (PMDB), vai propor a Câmara Municipal de Macapá (CMM), a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o prefeito de Macapá Clécio Luis (Rede Sustentabilidade), citado nas delações premiadas de executivos da Odebrecht, por, supostamente, ter recebido R$ 450 mil durante as eleições municipais de 2012.

Os indícios de irregularidades foram delatados em depoimento pelo ex-diretor da construtora Alexandre José Lopes Barradas. O delator disse que a campanha do político amapaense recebeu R$ 450 mil de forma ilícita em 2012, quando concorreu pelo PSOL.

Apuração

Yuri Pelaes, disse que, enquanto vereador, legítimo representante da população macapaense, não vai se omitir em apurar as graves denúncias envolvendo o nome do prefeito da capital, no maior esquema de corrupção do país. “É óbvio que o prefeito de Macapá Clécio Luis, tem amplo direito do contraditório. A justiça já está fazendo a parte dela e a Câmara de Vereadores tem a competência para acompanhar e apurar qualquer denúncia contra o executivo municipal”, acrescentou.

O parlamentar disse ainda que a possibilidade do pedido de uma CPI na Câmara de Vereadores, atende também uma orientação do PMDB nacional. “Respeito o prefeito de Macapá, e tenho uma boa relação política com ele, mas não podemos nos omitir diante das respostas que toda sociedade espera, a partir da citação do nome do prefeito neste esquema de corrupção”, finalizou o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *