Em Macapá, vereadora é impedida de fiscalizar posto de saúde do município.

A vereadora Patriciana Guimarães (PRB), passou por uma situação incômoda, na manhã de sexta-feira (21), em um posto de saúde do município de Macapá, capital do estado do Amapá.

A parlamentar cumpria o seu papel de fiscalizar a aplicação do erário em vários setores, no âmbito municipal, e, quando chegou na UBS do bairro Perpétuo Socorro foi impedida por uma servidora pública, quando pretendia ver se o número de medicamentos armazenado estava de acordo com a demanda.

Revoltada com a situação, e sem ter a quem recorrer de imediato, a parlamentar usou as redes sociais para desabafar e protestar. Gravou um vídeo mostrando a situação do posto de saúde, a falta de médicos para atendimentos e ainda, vários pessoas aguardando para serem atendidas.

“Como vereadora eleita, eu não pude fazer a fiscalização. Eu fui eleita pra representar o povo. Eu sou agente fiscalizador. Hoje é feriado. Eu tô trabalhando… Isso é um absurdo !”, exclamou a vereadora.

A vereadora disse que vai levar o caso até a Câmara de Vereadores de Macapá, e pedir a convocação do secretário de saúde de Macapá, para prestar esclarecimentos sobre a situação do posto e também, providências sobre o impedimento de um vereador exercer sua função dentro de um prédio público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *