Salários do Judiciário atingiram quase R$ 230 milhões nas contas públicas em julho

Magistrados de todo o país receberam no mês de julho R$ 229,6 milhões, e mais 70% dos juízes tiveram salários superiores ao teto do funcionalismo. Os dados foram divulgados pelo site Poder360, que analisou 15 tribunais de justiça.

Se todos os juízes recebessem o equivalente a R$ 33 mil, que é o valor máximo para o salário do funcionário público, a conta ficaria em R$ 157 milhões. Ou seja, a diferença que sai dos cofres públicos é de mais de R$ 70 milhões.

O estado de Sergipe lidera a lista dos que mais remuneram, com 100%, dos 152 juízes com folha de pagamento acima do teto. Em São Paulo, mais de 90% recebem acima do limite.

O TJ paulista afirmou que todos os pagamentos são feitos dentro da lei e que os valores seguem as regras que definem os salários para a categoria.

Já o Tribunal de Sergipe informou que os salários brutos de juízes e desembargadores ficam entre 26 e 30 mil reais.

A divulgação dos salários foi determinada pela presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmem Lúcia, no dia 18 deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *