No Amapá, vereadora de Ferreira Gomes denuncia delegado que fica ausente da cidade o tempo todo

Vereadores do município de Ferreira Gomes, distante cerca de 130 quilômetros de Macapá, denunciam a onda de assaltos, roubos e furtos que vem ocorrendo naquela cidade.

Segundo os parlamentares, os ladrões estão invadido residências e roubando eletrodomésticos, dinheiro, jóias e até carros das garagens.

Denuncia – A vereadora Neuraci Lima (PSDB) foi recebida nesta segunda-feira, 29, em Macapá, pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, deputado estadual licenciado Ericlaudio Alencar.

Durante o encontro, Neuraci Lima relatou que além dos roubos freqüentes, a situação em Ferreira Gomes se agrava com a ausência, segundo ela, do único delegado de polícia civil lotado na cidade, Leonardo Fabrício Pereira Leite.

Segundo a parlamentar, o delegado Leonardo Fabrício passa mais tempo em Macapá, que em Ferreira Gomes. “Quando a polícia prende os bandidos não consegue fazer o flagrante por falta de delegado na cidade”.

O secretário Ericlaudio Alencar propôs a realização de uma audiência pública em Ferreira Gomes para discutir a impunidade naquele município e prometeu cobrar da Delegacia Geral de Polícia Civil medidas cabíveis quanto a questão do delegado Leonardo Fabrício, que segundo denuncias não cumpre seu horário de expediente.

A promotora de justiça de Ferreira Gomes, Neuza Barbosa, encaminhou ofício a Corregedoria de Polícia Civil pedindo providências sobre a ausência do delegado naquela cidade. Desde o ano passado que os vereadores de Ferreira Gomes vem se reunindo para debater a criminalidade e a falta de maior policiamento naquela região.

Em Manaus, árbitro amapaense conduzirá jogo na Copa Verde.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou esta semana, a  escala de arbitragem para a 1ª rodada da Copa Verde. O árbitro central da partida entre Manaus-AM e Remo-PA, será o amapaense Valdicleuson Silva da Costa.

O jogo acontece na próxima quarta-feira, 31, às 22 horas, na Arena da Amazônia, em Manaus no Estado do Amazonas.

Valdicleuson Silva terá como assistentes os também árbitros amapaenses Inácio Barreto da Camara (assistente 1) e Roberto Soares dos Santos Júnior (assistente 2).

No Amapá, corrida alusiva à cidade de Macapá acontece dia 4 de fevereiro

Tudo pronto para a XII Corrida Cidade de Macapá 2018. A prova acontece dia 4 de fevereiro com saída às 8 horas (circuito Beira Rio). A competição é  alusiva ao aniversário de 260 anos de criação de Macapá.

Segundo o presidente da Federação Amapaense de Ciclismo (FAC), Jair Borges, a prova será de circuito e resistência e deverá reunir mais de 100 atletas. “A corrida é valida para o ranking nacional da Confederação Brasileira de Ciclismo e comemora também o aniversário de 260 anos de Macapá”, destaca.

Jair Borges ressalta que a corrida vai reunir ciclistas nas categorias elite, masters A, B  e C, júniors, juvenil, infanto-juvenil e feminino.

Inscrições– As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de fevereiro na sede da FAC, situada à Rua Manoel Eudóxio Pereira, Nº 1260, Centro. A taxa de inscrição é de R$ 20,00 com isenção para infanto-juvenil, juvenil e veteranos. A premiação varia de R$ 50,00 à R$ 400,00, totalizando R$ 2.510,00.

Mais Informações: (96) 9 9163- 5566.

Em Macapá, vereador Japão Baia fala do seu primeiro ano de mandato

O vereador de Macapá Japão Baia (PDT), no primeiro ano de seu mandato, concentrou seu trabalho em defesa dos interesses da população da capital e principalmente dos distritos macapaenses.

Foram dezenas de requerimentos, indicações e proposituras propondo a Prefeitura Municipal de Macapá e ao Governo do Estado, mais investimentos para as comunidades dos distritos da capital.

Segundo o parlamentar, durante suas andanças pelos distritos conversou com os moradores, conheceu os problemas de cada comunidade e propôs melhorias.

Problemas– Japão Baia destaca que os problemas que se deparou nos diversos distritos por onde passou são basicamente os mesmos: Falta de iluminação pública, reforma de postos de saúde, escolas, melhorias de ramais, além da falta de medicamentos e de médicos. “A infraestrutrura nestes distritos ainda é muito precária. A ausência dos serviços básicos por parte da Prefeitura de Macapá ainda é muito grande nessas comunidades”.

Comunidades – O parlamentar visitou todas as comunidades dos distritos do Bailique, Carapanatuba, Pedreira, Santa Luzia e Maruanum.

Projetos – O vereador Japão Baia que preside a Comissão de Viação e Transporte (CVT) da Câmara Municipal de Macapá se posicionou contra o reajuste da tarifa de ônibus ano passado. Ele defende um transporte público mais eficiente e de qualidade. O parlamentar também teve um Projeto de Lei de sua autoria aprovado e sancionado pelo prefeito de Macapá. A Lei foi sancionada dia 12 de dezembro passado e reconhece as pessoas com doença renal crônica como deficientes físicos e garante a elas direito a estacionamento privativo. Japão Baia diz que retornará do recesso parlamentar em fevereiro com a mesma disposição de continuar defendo e lutando por melhorais para os bairros da capital e para os distritos.

No Amapá, jovem médico é aprovado em quatro dos principais processos seletivos do país

O jovem médico Ozeas Alves de Noronha Júnior, vem provando na prática que o estudo é o conhecimento abre portas para o sucesso.

Ozeas Alves de Noronha foi aprovado nos principais processos seletivos de 2018 para programas de Residência Médica, considerados os mais concorridos do Brasil.

Histórico– Ex-aluno do colégio Santa Bartolomeia Capitânia, em Macapá, o médico é graduado em medicina pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Ele é filho do casal Odete Fatima T. Noronha e Ozeas A. Noronha e, irmão do cientista político e advogado Lincoln Thomaz Noronha (USP).

Aprovação– Os processos seletivos que o médico foi aprovado foram:  Faculdade de Medicina de São Paulo (FMUSP), Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), Faculdade de Ciências Médica da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)  e a Escola SUS\SP.

Notas – As notas alcanças por Ozeas Alves lhe asseguram o direito de escolher onde irá fazer Residência Médica entre as instituições mais concorridas Hospital Beneficência Portuguesa (SP), Hospital A. C . Camargo(SP), Instituto do Câncer – IAVC(SP) e a Fundação Pio XII-Hospital de Barretos, também em São Paulo.   

No Amapá, em apenas 2 anos de funcionamento CERPIS contabiliza cerca 112 mil procedimentos

Em apenas dois anos de criação, o Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CERPIS), antes Centro de Referência em Tratamento Natural (CRTN), já contabilizou quase 112 mil procedimentos.

Segundo o diretor da instituição, acupunturista/farmacologista Elziwaldo Lobo Monteiro, o CIRPIS, atende pacientes de todas as camadas da sociedade e oferece os mais diversos tratamentos naturais.

Acolhimento– O diretor ressalta que antes do tratamento, os pacientes são acolhidos com palestra e terapia. Passado esta etapa, diz o diretor, o paciente preenche um cadastro e passa pelos serviços social e de enfermagem.

Elziwaldo Monteiro destaca que embora exista há apenas dois anos, o CERPIS, é considerado pelo Ministério da Saúde como um centro de medicina popular integrativa e complementar, que trabalha na oferta de serviços gratuitos à população, utilizando métodos terapêuticos e de comprovação cientifica. “O objetivo é proporcionar qualidade de vida por meio da prevenção e manutenção da saúde”.

Atendimento– O CERPIS foi criado dia 7 de outubro de 2015. Atualmente atende mais de 1, 5 mil pacientes. A instituição funciona de segunda à sexta-feira, das 7 às 18 horas,  com sede à Avenida FAB, em frente ao prédio da Prefeitura Municipal de Macapá.

Em Macapá, tudo pronto para a prova Antônio Assmar no domingo, dia 28

Tudo pronto para a corrida de ciclismo Antônio Assmar. A prova será neste domingo, 28, às 8 horas, no circuito FAB e abrirá o calendário de competições da Federação Amapaense de Ciclismo (FAC) e da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) de 2018.

A inscrições para a 40ª Corrida Ciclística Antônio Assmar, iniciaram dia 8 deste e mês e ainda podem ser feitas na sede da Federação Amapaense de Ciclismo (FAC), à Rua Manoel Eudóxio Pereira, 1260, no Centro.

Os atletas poderão participar nas categorias Elite, Masters A, B e C, Veteranos, Júniors, Juvenil, Infanto-juvenil e Juvenil.

Velocidade– A corrida é conhecida por ser uma prova de velocidade e que exige muito esforço dos ciclistas. A largada acontecerá às 8 horas (local) com o percurso de quatro quilômetros. O vencedor soma 80 pontos para o ranking nacional da Confederação Brasileira de Ciclismo.

 

 

Em Macapá, Jiu-jitsu amapaense anuncia campeonatos para este ano

A Federação Amapaense de Jiu-jitsu (FAJJ) divulga o calendário dos principais campeonatos oficiais da modalidade para este ano.

As competições são organizadas pela própria federação e reúne centenas de atletas de diversas categorias.

Segundo o presidente da FAJJ, Tadeu Beltrão, o  objetivo é divulgar o Jiu-jitsu no Estado, promover o incentivo ao esporte, revelar talentos e cumprir o papel social garantindo ocupação saudável para os atletas, especialmente para os mais jovens.

Carteirinha– Tadeu Beltrão destaca que a Federação Amapaense de Jiu-jitsu, também está atualizando a carteirinha oficial dos atletas. Pelas regras da federação, só participam de campeonatos oficiais, atletas que estiverem com a carteira em dia, e devidamente cadastrados na federação.  

 

 

Em Macapá, familiares de vítimas de chacinas exigem resposta urgente das autoridades policiais

Familiares das vítimas assassinadas por ocupantes dos “famosos” carros prata, vermelho e preto, exigem uma resposta urgente das autoridades de segurança pública do Estado.

A onda de assassinatos usando o mesmo “Modus  operandi”, foi desencadeada ano passado com um saldo de mais de 15 mortes e nenhuma resposta oficial.

Familiares, parentes e amigos das pessoas assassinadas querem uma explicação da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) quanto ao andamento das investigações, que possam levar até os assassinos e as motivações dos crimes.

“As autoridades policiais não podem ser negligentes ou omissas diante desta afronta. Tem muita gente inocente e do bem sendo assassinada e as autoridades parecem estar com os olhos vendados para este estado de caos e de violência que se instalou em Macapá”, desabafa Maria das Graças Dias Braga,49, parente de uma das quatro vítimas assassinadas na noite desta segunda-feira, 22.

Chacina– Segundo a polícia, o ataque desta segunda-feira começou por volta das 22h40, num intervalo aproximado de 10 minutos de um assassinato para outro. Os assassinos estavam em dois carros um gol prata e um voyage bege. Os crimes, todos com armas de fogo e com características de execução, ocorreram nos bairros Ipê, Novo Horizonte e Pacoval, com quatro pessoas mortas e três gravemente feridas. 

 

 

No Amapá, ciclista vai pedalar de Belém ao Rio de Janeiro para ajudar o Instituto do Câncer Joel Magalhães

Por Edy wilson Silva/Jornalista 

A ciclista paraense Anny Oliveira, 35, vai pedalar sob duas rodas cerca de 3,5 mil quilômetros de Belém ao Rio de Janeiro. O  objetivo de levar o nome do Amapá e do Instituto do Câncer Joel Magalhães (Ijoma) para fora do Estado. “Minha principal missão é ajudar angariar recursos para ajudar o Ijoma na prevenção e combate ao câncer.

A atleta vai iniciar uma ampla campanha de divulgação das atividades do Ijoma fora do Estado, em nível nacional e internacional. “A ideia também é arrecadar recursos financeiros para apoiar as ações do Ijoma. Além dos recursos, vamos estar recebendo donativos como fraldas geriátricas e medicamentos para os pacientes atendidos pelo Instituto.

Patrocínio– Anne Oliveira ainda busca patrocínio e apoio para iniciar sua missão. A atleta diz que a iniciativa faz parte do projeto “Luz…Pedal na estrada pela vida”, cujo objetivo principal é apoiar e oferecer suporte a instituições ou organismos que atuam em defesa da vida.

Previsão– A atleta deve iniciar a viagem entre os meses de fevereiro e março. Ela, que está fazendo os testes na bike, pretende cumprir a missão de pedalar de bicicleta de Belém até o Rio de Janeiro em 40 dias.

Interessados em apoiar o projeto “Luz…Pedal na estrada pela vida”, podem ligar para os telefones: (96) 9 9145-1307/9 8801-0466.