No Amapá, Cerpis comemora o Dia do Acupunturista e dos profissionais das práticas alternativas

O Amapá comemorou na última sexta-feira, 23, o Dia do Acupunturista e Profissionais das Práticas Integrativas e Complementares da Medicina Natural.

O Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cerpis) do Amapá realizou uma vasta programação para marcar a data. O evento incluiu palestras de acolhimento para 300 novos pacientes, ação de saúde das práticas integrativas e apresentação da Escola de Música Walkiria Lima. Durante a programação, foram ofertados ainda acupuntura, massagem e reiki.

Diretor– O diretor do Cerpis, Elziwaldo Lobo Monteiro, membro da Sociedade Brasileira de Farmacêuticos Acupunturistas (Sobrafa), enalteceu os profissionais das práticas alternativas (massoterapeutas, terapeutas e demais profissionais da medicina natural). “Eles são de grande importância devido ao custo/benefício que origina”, afirmou. O Cerpis conta com 58 profissionais terapeutas mais 43 voluntários.

Data– A data foi instituída mediante Projeto de Lei(PL) de autoria da deputada estadual Marília Góes (PDT) e sancionado pelo governador do Estado Waldez Góes (PDT) dia 8 de junho de 2016.

A medicina natural é composta por 29 especialidades já homologadas pelo Ministério da Saúde. “Acoplamos mais cinco especialidades ainda não homologadas. Já realizamos nos dois últimos anos mais de 134 mil procedimentos. Isso é cuidar bem da população”, denominou Elziwaldo Monteiro. Atualmente o Cerpis atende 1,6 mil pacientes, mas possui uma demanda de quase 11 mil.

Este ano, por determinação do Ministério da Saúde, todos os Cerpis estaduais vão implantar essa política nos municípios. Monteiro disse que a intenção é diminuir a demanda nos Prontos Socorros e Unidades  Básicas de Saúde (UBS,s). “Tudo que está parado dói, estagna, apodrece e morre. O grande impacto do Cerpis do Amapá foi trazer as danças circulares, a biodança, a musicoterapia. Melhorou a mente, melhorou a alma”, enfatiza Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *