No Amapá, Santos derrota o São Paulo por 4 a 1 na abertura do Amapazão

 

Por Osvaldo Santos/Jornalista

O Santos derrotou  o São Paulo por 4 a 1, na primeira partida do Campeonato Amapaense de Futebol Professional, na noite da última segunda-feira, 26, no Estádio Olímpico  Zerão, em Macapá.

O peixe da Amazônia montado desde que disputou a Copa Verde contra Atlético (AC)  e Paysandu (PA), além da Copa do Brasil contra o Sport (PE),  totalizando cinco partidas, mostrou superioridade em campo e fez 2 a 0 no primeiro tempo com Tikel e Rodrigão.

São Paulo– Jã o São Paulo, que teve menos de uma semana de preparação e só foi pra campo, graças a um acordo entre os clubes, que aceitaram os atlétas em campo, apenas com o Boletim Informativo Diário ( BID) da Federação Amapaense de Futebol (FAF), na abertura da competição, reagiu nos primeiros minutos do segundo tempo e descontou o placar para 2 a 1 com Tálys. O time ainda teve outras oportunidades, mas não soube aproveitar.

O Santos seguiu em busca de mais gols e conseguiu aumentar, com Tikel e Dedé, fechando o placar em 4 a 1.

Ficha técnica                                                                                                                        Local: Estádio Olímpico Zerão                                                                                                Data: 26 de Março                                                                                                                        Hora: 20h30

Árbitragem: Enoque Pacheco.                                                                              Assistentes: Salmon Lopes e Roberto Junior
4° árbitro Illeno Freitas

Público pagantes: 109 pessoas                                                                                            Total: 191 pessoas                                                                                                                     Renda:  R$ 855,00

Santos: Axel, Diego Carajás, Jari, Dedé e Batata; Lessandro, Bruninho (Luciano), Denilson e Michel (Peladinho); Tikel e Bruno Lopes (Rodrigão).
Téc: Edson Porto.

São Paulo: Pezão, David, Mateus, Paulo Fazendinha e Dudu; Malaquias, Bruno (Tálys), Hélio (Piaui) e Anderson Santana; Everton e Paulinho (Ribamar).
Téc: Vitor Jaime.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *