Na Rússia, presidente da FAF, Roberto Góes diz que esporte ajuda autoestima do brasileiro

O presidente da Federação Amapaense de Futebol (FAF), deputado Roberto Góes (PDT-AP) está na Rússia integrando a delegação oficial da Seleção Brasileira, que disputa nesta sexta-feira, 23, partida amistosa contra a seleção daquele país.

Mesmo distante do Amapá, ele diz reconhecer como o esporte influencia a vida das pessoas no Brasil e que pode sim produzir resultados não só do ponto de vista da autoestima, como também no ponto de vista cultural, de saúde e até econômico.

Dirigente– O presidente da FAF e político amapaense citou como exemplo o que vem ocorrendo com o próprio Amapá, com o alcance das ações inclusivas que o desporto vem proporcionando. “Assim como a gente vê as crianças e adolescentes nos centros didáticos de formação esportiva, saindo da ociosidade e de situações de risco social, também existe todo um impacto econômico, pela atuação das ligas desportivas, clubes, associações, enfim, há uma grande mobilização em torno do esporte amador também”, diz Góes.

Rússia- Ele diz que envidará esforços para que entidades ligadas ao esporte ou mesmo grandes patrocinadores esportivos possam vir ao Amapá conhecer essa força e tradição do esporte no estado mais preservado do país, em plena floresta amazônica. “Temos diferenciais, como o próprio estádio Zerão, no meio do mundo, a Copa do Mundo Marcílio Dias, o Futlama, entre tantas outras iniciativas legais, que garantem lazer e entretenimento para quem pratica e para quem assiste, promovendo inclusão social também”, avalia o parlamentar.

Roberto Góes diz ter aversão à pieguice, mas recorre ao passado para justificar o forte apelo emocional do esporte. “Na época em que o Ayrton Senna virou ídolo mundial do esporte, o Brasil atravessava uma fase terrível do ponto de vista econômico e também de crise institucional e política, quando as pessoas diziam que só ele dava alegria, fazia todos terem orgulho de ser brasileiro, então que outras alegrias venham, como com a nossa seleção, que está sendo novamente abraçada pelo povo e que nestes dois jogos, contra a Rússia e a Alemanha na terça-feira, para uma grande arrancada para fazer bonito na Copa do Mundo”, concluiu Roberto.

No Amapá, ainda repercute negativamente a  investigação de mais três deputados estaduais por recebimento de propinas

Ainda repercute negativamente no meio político mais um escândalo envolvendo três deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP) Jaime Pérez, Augusto Aguiar e Pedro da Lua, além de cinco assessores.

Esta semana, o Ministério Público do Amapá (MP) deflagrou a segunda fase da “Operação Rescisória”, com o objetivo de identificar provas referentes à cobrança de propina no pagamento de verbas rescisórias da Assembleia Legislativa.

Operação– Durante a operação foram cumpridos 11 mandados judiciais de busca e apreensão em residências de deputados estaduais e assessores, além de escritórios parlamentares, por membros do MP e equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), Promotoria de Investigações Cíveis, Criminais e de Segurança Pública (PICC) e Gabinete Militar da instituição.

Investigados– Os três deputados estaduais investigados Jaime Pérez, Augusto Aguiar e Pedro da Lua, além de cinco assessores, vão responder pelos crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, peculato e falsidade ideológica.

Segundo o coordenador do GAECO, promotor de Justiça Afonso Guimarães, as investigações iniciaram em 2016, reflexo de uma ação de improbidade ajuizada em 2015, onde questionava-se o número de contratados em quantidade superior aos cargos existentes na Alap.

O Ministério Público constatou, ainda, que servidores demitidos da Casa de Leis precisavam pagar propina para que pudessem receber seus direitos trabalhistas. Os cheques eram nominais ao servidor demitido, mas, na prática, eram entregues a deputados e assessores que efetuavam o recebimento.

“De acordo com os servidores exonerados, para que os mesmos tivessem acesso aos seus direitos, deveriam pagar, em alguns casos, até 50% do valor respectivo em propina. Sabemos que os pagamentos eram feitos em cheque.”, reforçou Afonso Guimarães.

O subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Administrativos e Institucionais, Nicolau Crispino, acrescentou que o MP-AP coletou muitas informações e documentos com mais detalhes sobre a participação dos deputados. Porém, esses dados não serão divulgados no momento, para não comprometer o processo.

“Foram pagamentos de indenizações indevidas, em valor menor, ou até de pessoas que deveriam receber indenizações e não recebiam”, detalhou Nicolau Crispino. Para o procurador-geral de Justiça do MP-AP, Márcio Augusto Alves, a operação é uma consequência natural para os que praticam atos de corrupção. “Seja Assembleia ou qualquer outro órgão, todos que agem dessa maneira estão sujeitos a isso. Nós seguiremos com nossa missão institucional de combate à corrupção”, enfatizou o procurador.

No Amapá, vereador Climar Fonteneles cobra mais investimentos para Oiapoque   

Preocupado com a situação de abandono do município de Oiapoque, o vereador Climar Fonteneles (Avante) tem cobrado da Prefeitura Municipal maior investimento de infraestrura na cidade.

“Enquanto vereador de Oiapoque temos fiscalizado, acompanhado e cobrado do poder público a execução de serviços públicos e de melhorias para a população”, destaca o parlamentar.

Apoio– Climar Fonteneles diz que com o apoio do Governo do Estado e até mesmo da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) que segundo ele, fez a doação de 100 toneladas de asfalto à Prefeitura Municipal de Oiapoque, os serviços de tapa- buracos e de pavimentação de ruas e avenidas do município devem iniciar de imediato.

Climar tem buscado melhorias para a cidade também nas áreas da saúde, educação, juventude, empreendedorismo, infraestrutura, social, esporte e agricultura.

 

Em Macapá, vereador Jorielson Nascimento pede melhorias para diversos bairros da capital

Preocupado com a situação precária em que vivem as famílias residentes no Canal do Jandiá, zona norte de Macapá, o vereador Jorielson Nascimento (PRP) encaminhou indicações ao Governo do Estado esta semana.

Segundo o parlamentar, as ruas e avenidas necessitam com urgência de serviços de drenagem e terraplanagem. Um dos trechos comprometidos é Avenida da Passagem Canal do Jandiá. O período de chuvas torna o local mais precário ainda.

Jorielson Nascimento também propôs ao Governo do Estado, por meio de indicação, policiamento ostensivo em toda extensão da Avenida Canal do Jandiá.

SERVIÇOS-O vereador pediu ainda melhorias de infraestrutura para os bairros Pacoval, Nova Jerusalém e Canal do Jandiá, que segundo o parlamentar, enfrentam problemas de falta limpeza, de coleta de lixo, de abrigos de passageiros e de linha de ônibus e falta de construção de passarelas.

Em Macapá, Dia do Artesão é comemorado com missa, sorteio de brindes e show

A Semana do Artesão Amapaense, organizada pelo Governo do Estado, encerra nesta segunda-feira, 19, com uma diversificada programação.

São oficinas de artesanato, missa em ação de graças pelo Dia do Artesão, entrega de carteiras estadual e nacional do artesão, sorteio de prêmios, corte do bolo com parabéns e show artístico. O evento será das 18 às 23 horas, em frente à Casa do Artesão, na praça Beira-Rio.

O sorteio de prêmios será exclusivo aos artesãos. A programação iniciou no dia 16 de Março, sob a coordenação da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) em parceria com a Associação de Artesãos e Empreendedores Individuais da Beira-Rio (Amicro Beira-Rio).

Turistas- Muitos turistas de passagem pela capital, Macapá, aproveitaram para levar uma lembrança do artesanato amapaense. Foi o caso do economista, Jadir Conceição Veloso, do Rio de Janeiro. As camisas com grafismos Maracá e Cunani chamaram a atenção.

“Que coisa encantadora. Estou levando quatro camisas para usar e dar de presente para a minha família lá no Rio. A feira está muito bem organizada. Parabéns aos artesãos do Amapá”, avaliou.
A Valdina da Silva viu a propaganda da Semana do Artesão Amapaense pela televisão e decidiu conferir com a família. No espaço destinado às associações de artesãos, ela comprou louças do Distrito do Maruanum.

“São peças bem acabadas e bastante resistentes. Podem ser usadas no preparo de alimentos tanto no fogo à lenha quanto a gás”, parabenizou.

Expectativa- A expectativa da Secretaria do Trabalho e da Amicro Beira-Rio é receber cerca de 5 mil pessoas nos quatro dias de feira. A Feira do Artesanato e Empreendedorismo criou oportunidade de emprego renda para mais de 100 pessoas, entre artesãos, empreendedores individuais e grupos econômicos solidários.

“Convido toda a população de Macapá e demais municípios para vim prestigiar nossa Feira do Artesanato e Empreendedorismo aqui na Praça Beira-Rio. É um espaço com vários ambientes”, acrescentou Maraína Martins, secretária de Estado do Trabalho e Empreendedorismo.

No Amapá, passeio ciclístico em homenagem a São José e a Fortaleza de Macapá

A partir das 16 horas desta segunda-feira, 19, acontece a IV Edição do Bike Chic Retrô. A iniciativa é alusiva ao padroeiro do Estado do Amapá, São José e ao aniversário da Fortaleza São José de Macapá, o principal monumento turístico do Estado.

Segundo o presidente da Federação Amapaense de Ciclismo (FAC) Jair Borges, a saída do passeio ciclístico será às 16 horas, da praça Floriano Peixoto, no Trem.

Traje- Jair Borges ressalta que vestidos com trajes de época dos anos de 1920 até 1980, os ciclistas vão percorrer os principais monumentos históricos da cidade.

O ciclista Leandro Bombeiro, um dos organizadores do passeio, conta que a chegada do pedal também será na Floriano Peixoto. Ele destaca que no final,  os atletas vão fazer um piquenique entre eles para se confraternizarem com os amigos.

Podem participar ciclistas profissionais, amadores e a população em geral. Vale qualquer tipo de bike, antigas e atuais. “O traje obrigatoriamente tem que ser de época”, finaliza.  

No Amapá, Governo e município de Macapá recebem liberação de recursos do Governo Federal

O Governo do Amapá, e o município de Macapá receberam liberações de recursos do Governo Federal para aplicação em obras e serviços, conforme descrito nos convênios firmados com a União.
As informações estão disponíveis no Portal da Transparência, que emite para qualquer cidadão que desejar receber informações sobre novos repasses de recursos federais a estados e municípios realizados por meio de convênios. O objetivo da divulgação desses dados é ampliar a transparência pública e estimular a participação e o controle social.
Os dados dos convênios aqui relacionados foram extraídos do SIAFI, no dia 11/03/2018. Caso deseje saber o total liberado, consulte o detalhamento do convênio no Portal da Transparência

Os convênios do município de MACAPA/AP que receberam seu último repasse no período de 05/03/2018 a 11/03/2018 estão relacionados abaixo:

Número Convênio: 674976
Objeto: Elaboração de Estudos de Concepção e Projetos de Engenharia PARA MANEJO DE AGUAS PLUVIAIS E ESGOTAMENTO SANITARIO
Órgão Superior: MINISTERIO DAS CIDADES
Convenente: ESTADO DO AMAPA
Valor Total: R$ 9.272.899,17
Data da Última Liberação: 09/03/2018
Valor da Última Liberação: R$ 70.145,26

Número Convênio: 676816
Objeto: AMPLIACAO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE AGUA DE MACAPA
Órgão Superior: MINISTERIO DAS CIDADES
Convenente: ESTADO DO AMAPA
Valor Total: R$ 12.034.680,87
Data da Última Liberação: 09/03/2018
Valor da Última Liberação: R$ 131.718,98

Número Convênio: 826898
Objeto: Aquisição de veículos utilitários administrativos e veículos tipo pick-up, para atender as necessidades da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural.
Órgão Superior: MINISTERIO DA DEFESA
Convenente: ESTADO DO AMAPA
Valor Total: R$ 320.000,00
Data da Última Liberação: 06/03/2018
Valor da Última Liberação: R$ 320.000,00

Número Convênio: 827701
Objeto: Construção de Passarelas de Madeira em áreas de ressaca no Município de Macapá/AP
Órgão Superior: MINISTERIO DA DEFESA
Convenente: MUNICIPIO DE MACAPA
Valor Total: R$ 1.848.438,00
Data da Última Liberação: 06/03/2018
Valor da Última Liberação: R$ 848.438,00

Número Convênio: 827971
Objeto: AQUISICAO DE UNIDADE DE FORCA TERRESTRE
Órgão Superior: MINISTERIO DA DEFESA
Convenente: MUNICIPIO DE MACAPA
Valor Total: R$ 180.000,00
Data da Última Liberação: 06/03/2018
Valor da Última Liberação: R$ 180.000,00

Número Convênio: 840973
Objeto: Aquisição de equipamentos de tecnologia da informação para estruturar a nova casa da cidadania de Laranjal do Jarí
Órgão Superior: MINISTERIO DA JUSTICA E SEGURANÇA PUBLICA
Convenente: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO AMAPA
Valor Total: R$ 261.248,00
Data da Última Liberação: 05/03/2018
Valor da Última Liberação: R$ 100.000,00

Consulte periodicamente o Portal da Transparência (www.portaldatransparencia.gov.br) para acompanhar outros repasses de recursos federais a seu município.

No Amapá, OAB faz audiência pública para debater a permanência da Justiça Federal em Oiapoque

Por Edy wilson Silva/Jornalista

Nesta sexta-feira, 16, haverá uma audiência pública em Oiapoque para tratar sobre a permanência da Vara Única Federal naquele município, ameaçada de extinção por uma decisão unilateral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Debate– O debate ocorrerá no Fórum Oiapoque, das 8 às 12 horas. A audiência púbica será realizada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Seccional Amapá, com apoio da Comissão Especial de Defesa e Manutenção das Varas Federais dos Municípios de Oiapoque, Laranjal do Jari e da 4ª Vara de Macapá. A comissão é formada pelos advogados Helena Monteiro, Rivaldo Valente e Magno de Oliveira.

A advogada Helena Monteiro, representante da OAB em Oiapoque, ressalta que deverão participar autoridades federais e locais, lideranças indígenas , quilombolas, agricultores, lideranças comunitárias, vereadores, senadores, deputados estaduais e federais. “O convite é extensivo a todos que são contrários a extinção da Vara Federal de Oiapoque”, frisa.

Abaixo-assinado– Helena Monteiro ressalta que paralelo a audiência pública que ocorrerá dia 16 deste mês, a OAB,encabeça um abaixo assinado com o objetivo de tentar sensibilizar e revogar a decisão do CNJ. O documento pode ser assinado de maneira presencial na sede da OAB , em Macapá, na representação da OAB, em Oiapoque ou direto no link que esta disponível no Facebook oficial da instituição.

Participam ainda da audiência pública, o presidente da OAB Amapá, advogado Paulo Henrique Campelo e o juiz federal João Bosco Costa Soares da Silva.

No Amapá, LBV fará entrega de 150 kits escolares em Santana

Nesta sexta-feira, 16, a Legião Brasileira da  Boa Vontade (LBV) fará a entrega de 150 kits pedagógicos a crianças carentes do Amapá.

A programação acontece às 15 horas, na Escola Municipal Fernando Rodrigues do Carmo, bairro Fonte Nova, município de Santana, distante cerca de 22 quilômetros de Macapá.

Objetivo– Segundo a voluntária Mariluza Pereira da Silva, representante da LBV, no Estado, a proposta da LBV é incentivar e estimular as crianças aos estudos e diminuir o nível de carência destas crianças.

Mariluza Silva ressalta que a missão da LBV é atuar com doações de kits a crianças em situação de pobreza e risco social. A representante diz que as famílias foram selecionadas previamente.

 

Cestas básicas– No final deste ano, a LBV deverá entregar 550 cestas básicas para famílias carentes de Santana e Macapá.

A Legião Brasileira da Boa Vontade busca a adesão de novos parceiros doadores com o objetivo de ampliar a quantidade de kits  pedagógicos e de cestas básicas a serem doados futuramente.

Mais Informações: https://www.lbv.org/

 

 

No Amapá, Diocese de Macapá celebra Missa dos Santos Óleos nesta quinta-feira, 15

A Diocese de Macapá celebra nesta quinta-feira, 15,na Catedral São José, a Missa dos Santos Óleos, uma das principais liturgias que antecedem o Tríduo Pascal do calendário da Igreja Católica. A celebração acontece às 19 horas.

A missa será presidida pelo bispo dom Pedro José Conti e concelebrada pelos padres e diáconos das várias paróquias da Diocese.

Durante a eucaristia solene, o bispo consagrará o Óleo do Crisma, e abençoará o Óleo dos Catecúmenos e o Óleo dos Enfermos. A exemplo do ano passado, a coordenação do evento, prevê a participação de centenas de fiéis na celebração da Missa dos Santos Óleos deste ano.