Em Macapá, vereador e moradores do Cidade Nova discutem mudança em sentido de via com a CTMac  

Moradores do bairro Cidade Nova, junto com o vereador Jorielson Nascimento (PRP), solicitaram a Companhia de Transporte e Transito de Macapá (CTMac), modifique o fluxo de tráfego da rua Turíbio Orivaldo Guimarães, que hoje é de mão dupla, para sentido único. A reivindicação já foi feita anteriormente e voltou a ser discutida em uma ação do parlamentar denominada “Vereador no bairro”.

Nesta semana representantes da comunidade do bairro estiveram acompanhadas do vereador em uma reunião com a equipe técnica da CTMac, onde foi exposta a situação. Os moradores reclamam que é difícil trafegar pelos dois sentidos da via, principalmente nos horários de pico, com o agravante que os carros ficam estacionados dos dois lados e ainda existe a situação do embarque e desembarque de cargas e passageiros das embarcações no final da rua que fica o Canal do Jandiá, causando lentidão e aglomerado no trânsito.

“No local observamos que a rua é muito estreita para ser de mão dupla e o risco de batida é grande, então durante o encontro com a comunidade foi nos solicitado essa demanda e estamos reunindo com os órgãos responsáveis para saber se é viável”, informou o vereador Jorielson Nascimento.

Ideia– A ideia inicial dos moradores é que a rua Turíbio Guimarães, fica no sentido de quem entra para o bairro e a saída seria pela rua Antônio Pelaes de Souza. Outro ponto solicitando pela comitiva do bairro Cidade Nova, foi a pintura de uma faixa de pedestre em frente a Igreja Getsemani, pois, aos domingos existe uma movimentação de mais de 500 pessoas na região.

CTMac– De acordo com a equipe da CTMac, na próxima semana, será feita uma visita técnica ao local pela diretora de planejamento e será analisado a viabilidade de se implantar sentido único na via e, em caso afirmativo, será iniciado o projeto. Em relação a faixa de pedestres a equipe da Companhia confirmou que a partir da próxima semana será feito a pintura da mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *