No Amapá, empresa baiana vai administrar o Terminal Rodoviário de Macapá

 

Única a apresentar proposta, a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda. (Sinart) levou a licitação para administração do Terminal Rodoviário de Macapá, por 25 anos. A empresa baiana informou que fará investimento de R$ 2 milhões na reforma do espaço.

A abertura da proposta aconteceu na segunda-feira (9), na Secretaria de Estado de Transporte (Setrap). De acordo com o órgão, sexta-feira, 13 encerra o prazo para recursos, e a assinatura do contrato deve acontecer em 20 dias.

O edital de licitação chegou a ser consultado por 13 empresas, a maioria de fora do estado, mas apenas a Sinart apresentou proposta. A empresa tem sede administrativa em Salvador (BA) e administra 47 terminais rodoviários em dez estados, dos quais 9 em capitais.

Diretor– O diretor de Transportes da Setrap, Andrey Rego, disse que a privatização de terminais de ônibus já é uma realidade em vários estados brasileiros. “Foi um processo que já vinha sendo discutido há muito tempo e, hoje, concluímos com esta empresa vencedora que já atua há bastante tempo no mercado e administra vários terminais pelo país”, destacou Rego.

Investimento– O presidente da Sinart, Eduardo Pedreira, falou que o terminal será todo informatizado, e ganhará som ambiente, entre outras melhorias.

“Nosso objetivo é fazer com que ele se torne um modelo, trazendo para cá a padronização adotada nos demais terminais rodoviários administrados por nós”, frisou Pereira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *