No Amapá, Centro de Música Walkíria Lima vai ofertar mais de 2 mil vagas  

Mais de 2 mil vagas serão ofertadas pelo novo Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima, localizado à Rua Eliezer Levy, zona central de Macapá. A inauguração ocorre nesta quinta-feira, 5, a partir das 18 horas com atrações circenses, teatro, exposições e apresentações musicais, sob o comando da Secult. A cerimônia oficial de inauguração ocorrerá por volta das 18h.

Já no palco instalado na frente do novo prédio, alunos do Walkíria Lima apresentarão orquestra, coro lírico, além da Big Band Tumucumaque formada por alunos e professores do Centro de Música.

Obra- Construída em um dos seus endereços de origem, a nova escola de música deverá ampliar o atendimento, passando de 600 para 2 mil alunos, em um espaço moderno e acessível, com novidades como sala de Música de Câmara, estúdio, auditório para cerca de 300 pessoas, instrumentoteca, laboratório de informática, elevadores, garagem coberta e 44 salas para estudos teóricos, coletivos e práticas individualizadas – o dobro da capacidade do antigo prédio.

Cursos-Atualmente, o Walkíria Lima oferta três cursos técnicos, destinados exclusivamente aos estudantes matriculados no ensino médio, com idade mínima de 15 anos. O processo seletivo para esses cursos foi realizado em maio e as aulas terão início no segundo semestre de 2018, já no novo espaço.

Também são oferecidos cursos livres, de instrumento musical, com 10 linhas de formação, como clarinete, piano, flauta doce, violoncelo e violão popular. Esses cursos são voltados para alunos com idade mínima de 10 anos e são abertos a toda comunidade. O centro abrirá novas vagas para os cursos de instrumentos, em agosto.

Em Macapá, vereadores aprovam nova linha de ônibus para atender aos usuários dos bairros Marabaixo  

Os usuários de ônibus do bairro Jardim América     (Marabaixo 4), zona oeste de Macapá, acompanharam nesta quinta-feira, 5, a aprovação de um requerimento do vereador Rinaldo Martins (PSOL),para que nova linha de ônibus venha  atender aquele bairro. O requerimento foi aprovado por unanimidade.

Segundo a líder comunitária Selma Aires Paula, atualmente cerca de sete mil pessoas residem no Jardim América. Segundo ela, eles sofrem com a precariedade do transporte público.

Requerimento– O vereador Rinaldo Martins, autor do pedido, explica que a proposta da nova linha de ônibus, venha atender aos  bairros Marabaixo 1, 2, 3 e Jardim América. “O nosso mandato é popular. Iremos intensificar a cobrança junto a CTMac para que nosso requerimento seja executado”.

Precariedade– Selma Paula diz que hoje a zona oeste tem a mais precária linha de ônibus da cidade. “Existe apenas uma empresa de ônibus que atende a toda zona oeste, inclusive o Jardim América. “Iremos lutar para que este bairro seja atendido com transporte público. “É um absurdo um bairro na área urbana da cidade não dispor de transporte público”, pontua.

Alcoólicos Anônimos completa 39 anos no Amapá  

O grupo Alcoólicos Anônimos (AA) anuncia para esta quinta-feira, 5, uma programação para celebrar os 39 anos de atuação da instituição no Amapá.

A programação acontece às 19 horas, na sede da Associação dos Vigienses (Avra), situada à Avenida Pedro Baião, esquina com a Rua Odilardo Silva, bairro Trem, zona sul de Macapá.

Na ocasião será apresentado, a todos os presentes a história do AA no mundo e a instalação da instituição em Macapá.

Participam da programação, os coordenadores do AA, membros integrantes, adeptos, simpatizantes e familiares das pessoas assistidas pelo AA.