Em Macapá, moradores da Rua Mendonça Furtado pedem desobstrução de galerias

Por Jornalista Edy wilson Silva

Dezenas de famílias residentes na Rua Mendonça Furtado, no centro de Macapá, uma das principais vias da capital, pedem a desobstrução das galerias e sistemas de esgotos existentes no local.

Segundo os moradores, todos os anos com a chegada do inverno rigoroso, a situação se agrava e o trecho entre a Rua Mendonça Furtado e as Avenidas Jovino Dinoa e Odilardo Silva, fica completamente alagado, obstruindo canais e gerando muitos transtornos para as famílias que ali residem.

A moradora Tacirene Coelho de Freitas, que mora há 25 anos no local, diz que a maioria dos bueiros existentes no trecho taparam e o acúmulo de água é inevitável. “Em umas enchentes enfrentadas por nós moradores da Rua Mendonça Furtado eu perdi colchão, armário de cozinha, entre outros utensílios domésticos. Tivemos que gastar muito para elevar o nível do piso para evitar que a água da chuva invadisse novamente nossa casa”.

Apelo– O professor aposentado Mauro Lobato Dias Vieira, 68, e que reside na Mendonça Furtado há 35, ressalta que nunca foi feito um serviço de desobstrução das galerias no trecho. Segundo ele, preocupados com o inverno rigoroso anunciado para este semestre, moradores do local preparam um abaixo-assinado para entregar as autoridades públicas pedindo a execução de obras no trecho reclamado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *