Correios lançam selo especial em homenagem a Renato Russo

Renato Russo, cantor e compositor

Os Correios lançam essa semana uma edição especial de selos em homenagem ao cantor e compositor Renato Russo.

Renato ‘Russo’ Manfredini Júnior faria 59 anos de idade este ano.

Ele nasceu em nasceu em 27 de março de 1960, no Rio de Janeiro, e fez história como vocalista e líder da banda Legião Urbana.

Aos 36 anos, em 11 de outubro de 1996, morre morreu por complicações decorrentes de Aids.

A emissão dos Correios terá tiragem de 70 mil blocos comemorativos.

Eles mostram Renato Russo no palco, em uma de suas apresentações, e ainda trazem um trecho da canção Vinte e Nove, composta por Renato Russo e lançada no álbum O Descobrimento do Brasil, em 1993.

As peças estarão à venda nas principais agências dos Correios e também na loja virtual da empresa a partir de quarta-feira, 27 de março.

Taxa do Enem 2019 sobe para R$ 85; inscrições começam em 6 de maio

Saiu o edital do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem 2019.

O prazo de inscrições será de 6 a 17 de maio e, este ano, a taxa de inscrição é de 85 reais, três reais a mais do que em 2018.

Ela deverá ser paga até 23 de maio em uma agência bancária, casa lotérica ou nos correios.

Estudantes com direito à isenção da taxa devem fazer o pedido entre os dias 1 e 10 de abril.

O resultado será publicado no dia 17 de abril, na página do Enem.

Já o cartão de confirmação da inscrição será disponibilizado em outubro e trará dados como o local da prova, horário e a opção de língua estrangeira.

As provas do Enem 2019 serão aplicadas em dois domingos, nos dias 3 e 10 de novembro.

Uma das regras para a prova deste ano é que os lanches levados pelos candidatos serão revistados.

As informações são do portal G1.

Banda Placa lança livro em comemoração aos 36 anos de existência

A consagrada banda musical “Placa”, liderada pelos irmãos Carlitão e Álvaro, comemora 36 anos de existência, e para presentear seus milhares de fãs, lança o livro “LUZ”, que homenageia comunidades que foram cantadas pelo grupo ao longo de sua história.

O evento de lançamento será nesta terça-feira (26), 14h30, no Teatro das Bacabeiras, no Centro de Macapá.

Capa do Livro Luz

A banda Placa foi fundada em 9 de março de 1983, e mais de 60 músicos já fizeram parte das diversas formações.

Em Macapá, ambulante vende até mil mangas por dia após divulgação

Em apenas um dia o ambulante Celionaldo Correa, 36, vendeu mais de mil mangas com sal no centro de Macapá. Uma fila imensa de carros se formou no cruzamento da Rua General Rondon com à Avenida Presidente Vargas, próximo à Universidade Estadual do Amapá (Ueap).

Celionaldo Correa garante que o aumento das vendas aconteceu após a divulgação do trabalho dele em um site local. O empreendedor individual que estava desempregado há bastante tempo, passou a vender manga com sal para sustentar a família.

A venda fez tanto sucesso que em apenas um dia, o ambulante vendeu mais de mil pacotes de R$ 2 e cerca de 200 sacolas de R$ 5. “Agradeço a Deus por tantas vendas e imprensa amapaense que nos ajudou na divulgação do nosso trabalho”.

No Amapá, facção criminosa recebe repressão da Polícia Federal

Com o objetivo de desarticular uma facção criminosa que atua em Macapá,  a Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 25, a Operação Hidra de Lerna.

Mais de 100 agentes entre policiais federais, policiais militares e agentes penitenciários cumpriram 11 mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão.

As prisões ocorreram no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) e em residências das cidades de Macapá e de Santana.

Dois líderes da facção, cujos nomes não foram revelados serão transferidos para presídios federais. Segundo a PF, eles planejavam e executavam de dentro do Iapen vários crimes de assaltos a estabelecimentos comerciais, assassinatos e tráfico de drogas.

A operação teve o apoio da Sejusp e do Bope, além do Grupo Tático Prisional (GTP) como desdobramento da Operação Distúrbio, deflagrada pela PF em setembro do ano passado, e que já vinha investigando a atividade da facção.

Em Macapá, Ruzivan Pontes é o novo presidente da Câmara de Vereadores

Eleito por 13 dos 23 vereadores, Ruzivan Pontes (Solidariedade) é o novo presidente da Câmara Municipal de Macapá, biênio 2019/2020.

A eleição aconteceu nesta sexta-feira, 25, e foi conduzida pelo presidente em exercício da CMM, vereador Yuri Pelaes (MDB) e pela comissão eleitoral formada pelos vereadores, Japão Baia (PDT), Diego Duarte (Podemos) e Rayfran Beirăo (PR).

Em entrevista aos jornalistas logo após eleição e posse, o vereador Ruzivan Pontes ressaltou que vai continuar os trabalhos deixados pelo antecessor, vereador Acácio Favacho (PROS), eleito deputado federal pelo Amapá.

“Iremos avançar na luta pela valorização e reconhecimento dos servidores do município do quadro em extinção da casa e na conquista do sinal aberto de Rádio e TV”, finaliza Ruzivan Pontes.


No Amapá, governador Waldez Góes abre orçamento de 2019

O governador do Amapá, Waldez Góes, assinou nesta quarta-feira, 16, o Decreto Nº247/2019, instrumento que abre o orçamento do Poder Executivo estadual durante o exercício financeiro de 2019.

A assinatura aconteceu no Palácio do Setentrião, em Macapá, durante uma reunião na qual gestores estaduais receberam orientações sobre controle e qualificação dos gastos públicos. Na oportunidade, Góes também assinou o Decreto Nº0246, que aprova o quadro de detalhamento das despesas dos órgãos da administração direta e indireta. Este é o quarto ano consecutivo em que o Governo do Amapá abre o orçamento durante o mês de janeiro.

Valores– O orçamento para 2019 foi fixado em R$ 5.930.147.371,00. O valor destina-se às ações de cinco eixos de desenvolvimento: Social, Econômico, Infraestrutura, Defesa e Gestão e Finanças. Cada eixo estratégico abriga, de forma transversal, inúmeros setores de governo para atender, qualitativamente e quantitativamente, às necessidades da população por meio da prestação dos serviços públicos. O documento será publicado no Diário Oficial do Estado do Amapá nesta quinta-feira, 17.

Contingenciamento– O Decreto Nº247/2019 prevê o contingenciamento de 30% do orçamento dos órgãos do Poder Executivo estadual, com exceções como despesas com programas sociais e dos setores de saúde, educação e segurança pública.

O secretário de Estado de Planejamento (Seplan), Eduardo Tavares, explica que o contingenciamento é necessário para que o Poder Executivo estadual possa cumprir as metas estabelecidas pelo Comitê de Controle e de Qualidade do Gasto Público (CQG) – um mecanismo que, de forma permanente, vai controlar e monitorar o cumprimento de medidas de contenção de gastos no Executivo estadual.

Em Macapá, moradores do Marabaixo e Jardim América denunciam abandono de terrenos 

Moradores residentes no Marabaixo e Jardim América (Marabaixo 4), zona oeste de Macapá, denunciam o abandono de dezenas de terrenos e construções inacabadas nos dois bairros.

Abandono– Segundo relatos de famílias que sem moradia resolveram ocupar alguns deste lotes, mas preferem não se identificar temendo represálias por parte dos donos dos terrenos, as dezenas de construções inacabadas e terrenos abandonados servem apenas para esconderijo de bandidos e de roubos, boca de fumo e acúmulo de mato e lixo, que provocam doenças.

De acordo com a denuncia, existem terrenos abandonados há quase dez anos, praticamente o mesmo tempo de criação dos dois bairros.

“Quando uma família pobre sem moradia ocupa um terreno ou uma construção abandonada, sempre aparece alguém se intitulando dono, mas aqui no Jardim América ninguém tem título de domínio dos lotes. Aqui inicialmente era invasão”, denuncia a vendedora Paula Queiroz Lemos da Silva.

Providências– Os moradores pedem providências da Prefeitura de Macapá quanto a questão das construções inacabadas e terrenos abandonados no Marabaixo e Jardim América para que sejam ocupados ou retomados pelo município para serem doados aquelas famílias que de fato necessitam de moradia.

Existe informação de que muitos dos terrenos ou construções abandonados no Marabaixo e Jardim América pertencem a policiais militares, servidores públicos e até jornalistas. 

No Amapá, caminhada marca a luta contra a intolerância religiosa

Agendada para o dia 21 deste mês, a IV Caminhada das  Bandeiras de Matrizes Africanas, no Amapá. A concentração será às 15 horas, na praça Veiga Cabral.

A organização é do Movimento Juventude de Terreiros do Amapá, em parceria com instituições religiosas de Matriz Africana. O tema da programação deste ano será “Cultura: ancestralidade de um povo”.

Segundo Alessandro Brandão, um dos organizadores do    evento, a proposta é gerar maior visibilidade a cultura dos terreiros. “O tema deste ano demonstra que temos cultura em nossos templos. Os toques e festas tradicionais ocorrem a todo momento, mas são poucos divulgados”, destaca.

A data de combate à intolerância religiosa foi instituída em 2007 depois da morte da sacerdotisa do candomblé Gildásia dos Santos, conhecida como Mãe Gilda. Após ter a casa e o terreiro invadidos por grupos de outra religião e o marido agredido, a Iyalorixá morreu em decorrência de um infarto. Atualmente, o dia é uma oportunidade para atentar sobre a necessidade de se respeitar a diversidade religiosa e, assim, reduzir os casos de crimes de ódio no país.

No dia 21, antes da caminhada haverá apresentações culturais de marabaixo, capoeira, hip-hop e rituais afro-religiosos com roda de cânticos das nações religiosas. Às 16 horas começa a caminhada pela Rua Cândido Mendes, passando pela Avenida Henrique Galúcio até a Praça Floriano Peixoto.

No Amapá, Roberto Góes escalado para chefiar delegação da Seleção Sub-20

0

O presidente da Federação Amapaense de Futebol (FAF), Roberto Góes, será o chefe de delegação da Seleção Brasileira Sub-20.

A seleção vai disputar o Campeonato Sul-Americano este mês no Chile. A competição dá vaga para o Mundial da categoria.

Roberto Góes é um dos apoiadores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O dirigente amapaense tem participado de delegações da seleção brasileira na categoria de base e até em competições internacionais.

Sul-Americano– O Brasil está no Grupo A. A estréia da seleção será dia 19 deste mês contra a Colômbia. A seleção também vai enfrentar Bolívia, Chile e Venezuela. Os três melhores colocados avançam para a próxima fase.

A competição dará quatro vagas para o Mundial Sub-20, na Polônia, que acontece ainda este ano.

No último Sul-Americano, ano passado, no Equador, o Brasil terminou em quinto lugar e não foi ao Mundial da Coreia do Sul. O Brasil, dirigido por Carlos Amadeu, tentará no Chile voltar a conquistar o título depois de três edições de jejum – o último Sul-Americano conquistado pelo país foi em 2011, no Peru.