Círio 2016/Macapá: Organização estima a contribuição de 1,2 mil fiéis durante a programação.

cirio-de-nazare
Foto: Chico Terra

A Diocese de Macapá está fazendo o cadastro de voluntários que vão contribuir com a realização do Círio de Nazaré 2016 no Amapá. As inscrições acontecem na Secretaria do Círio, localizada no subsolo da Catedral de São José, até o dia 17 de setembro, em horário comercial.

A organização disponibilizou quase 1,2 mil vagas para compor as seguintes equipes: Liturgia, Social, Guarda de Nazaré, Ornamentação, Acolhida, Sonorização e Comunicação. Os voluntários que se inscreverem deverão assinar um Termo de Voluntariado, documento que demonstra responsabilidade por ambas as partes com o trabalho que será feito até o mês de outubro.

Para fazer a inscrição, o voluntário deve ter boa vontade, compromisso e idade mínima de 18 anos, além de apresentar cópia do documento de identidade e pagar uma taxa de R$ 15, para custear a camisa de identificação.

Informações: Márcia Fonseca. Ascom Círio de Nazaré 2016

Tecnologia: Banco vai permitir que clientes abram conta usando selfie.

selfieA tecnologia estará disponível para os correntistas do banco HSBC. A novidade disponível nos sistemas Android e iOS, de acordo com o banco, visa agilizar e simplificar o processo de novos correntistas.

O autorretrato, inclusive, terá validade ao ser usado junto com outras informações da pessoa, presentes em alguns documentos, como em passaportes, por exemplo.

A tecnologia será bem parecida com a já existente no Mastercard Check, que utiliza rastreamento facial para verificar contas de clientes.

Nesse caso, quando um usuário tira uma selfie, o sistema avalia a imagem com fotos de documentos oficiais e verifica a legitimidade da operação.

 

Vendas de consórcios avançam 10% em três meses.

consorcioAs novas adesões à cotas de consórcio alcançaram um montante de R$ 7 milhões em consorciados ativos entre maio e julho deste ano.

Os números foram divulgados, após levantamento da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios. A participação do setor de veículos leves, de acordo com a Abac, passou de 7.8% em 2009 para 32.4% em 2016.

Já entre as motocicletas, a participação chegou a 37,5% em 2009 e superou os 63 pontos percentuais no primeiro semestre deste ano.

Os especialistas do setor relacionam o aquecimento às variadas vantagens apresentadas pela modalidade. Entre elas, os baixos custos com taxa de administração, a ausência de juros e a agilidade no processo de aprovação de crédito.

No Amapá, Delegados e policiais civis denunciados pelo MP-AP são condenados pela Justiça

condenadosOs delegados da Polícia Civil Paulo César Cavalcante Martins (ex-delegado geral de Polícia) e Ernane Soares Ferreira, dois agentes de Polícia Civil e  servidores públicos que prestavam serviço na Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sejusp),  foram condenados pelo juízo da 3ª Vara Criminal e de Auditoria Militar, nesta segunda-feira (5), pelos crimes de peculato, fraude em licitação e inexigibilidade de licitação, além de empresários, por peculato. A Ação Penal Pública nº0036838-61.2012.8.03.0001, decorrente de denúncia do Ministério Público do Amapá (MP-AP), é resultado do Inquérito Policial 005/2012-DFF/CGPC, da Corregedoria Geral da Polícia Civil.

“Consta no Inquérito Policial nº 005/2012-DFF/CGPC, que serve de suporte à presente denúncia, que no dia 1º de junho do ano de 2010, o denunciado Paulo César Cavalcante Martins firmou um contrato nº014/2010-DGPC, com inexigibilidade de licitação, sob pretexto de contratar a empresa Asa Norte Consultoria e Empreendimento Ltda, idônea e com ampla experiência comprovada na formação de pessoal e em face de conter em seu quadro, pessoal técnico especializado para fornecimento de cursos voltados à atividade policial, notadamente em razão do público alvo que era, à época, os Delegados de Polícia aprovados no certame pertinente”, relata na sentença o juiz de Direito Décio Rufino, com base na denúncia ofertada pela Promotoria e Investigações Cíveis e Criminais (PICC).

Segundo, ainda, o relatório de sentença, “Os valores provenientes do procedimento licitatório fraudado, contrato 014/2010 – DGPC, foram depositados pelo Governo do Estado do Amapá na conta da empresa Asa Norte Consultoria e Empreendimentos LTDA., e foram sacados/depositados em conta de funcionários públicos, através de cheques de pequeno valor, e em muitos desses casos, se utilizava, para a concretização do ato, os chamados ‘laranjas’.”.

Concluiu com base nos autos julgar procedente, em parte, a denúncia (leia aqui) e condenar os réus:

Penas

Ernane Soares Ferreira, Paulo César Cavalcante Martins, Edilamar Quaresma da Silva, Gilberto Santa Rosa Barbosa, Carlos Augusto Pereira Junior, foram condenados à perda de cargo público; 8 anos e 9 meses de detenção em regime semiaberto; 6 anos de reclusão em regime semiaberto e 228 dias-multa a razão de 1/30 do salário mínimo vigente. Crimes: inexigibilidade de licitação, fraude em licitação e peculato.

Ademir Santos de Almeida foi condenado a 6 anos e 9 meses de detenção em regime semiaberto; 4 anos e 6 meses de reclusão em regime aberto e 205 dias-multa a razão de 1/30 do salário mínimo vigente. Crimes: inexigibilidade de licitação, fraude em licitação e peculato.

Adriano Alves Quaresma e Jamil Nassif Abdalla: 3 anos e 3 meses de reclusão em regime aberto e 53 dias-multa a razão de 1/30 do salário mínimo vigente pelo crime de peculato, substituída por pena restritiva de direito com prestação de serviços à comunidade e limitação de fim de semana.

Os réus deverão pagar, solidariamente, o valor de R$ 131.850,76 para reparação do dano causado ao erário. Todos podem recorrer em liberdade.

Informações: ASCOM-MP/AP

 

In Memorian: Vereadores de Santana prestam homenagem ao Dr. Fábio Santos

 

fabioA Câmara Municipal de Santana, segundo maior município do Estado do Amapá, realiza sessão especial nesta quarta-feira (7), a partir das 7h30m, para prestar a última homenagem ao vereador Dr. Fábio Santos (PROS), que faleceu na quinta-feira (6).

Durante a sessão haverá a votação, para aprovação em regime de urgência, do Projeto de Lei assinado por todos os vereadores que assegura a mudança na nomenclatura da Câmara Municipal de Santana.

O prefeito do município, Robson Rocha, se comprometeu em sancionar o PL logo após o término da sessão extraordinária.

O prédio da CMS, até então chamado Palácio Amazonas, passará a ser denominado “Palácio Dr. Fábio Santos”, em homenagem ao vereador que se destacou por ser um homem integro, equilibrado, companheiro, dedicado e que muito contribuiu por melhorias sociais ao povo santanense.

Fábio José dos Santos tinha 37 anos, era fisioterapeuta, vereador pelo PROS e presidente da Câmara Municipal de Santana. Foi também vereador na legislatura de 2009-2012.

A iniciativa é uma homenagem póstuma de todos os vereadores santanenses ao vereador e presidente daquela Casa de Leis, Fábio José dos Santos.

 

Morre o vereador Fábio Santos, presidente da Câmara Municipal de Santana.

 

DR. FABIOFaleceu na manhã desta terça-feira, 6, vítima de câncer, o atual presidente da Câmara Municipal de Santana (CMS), o vereador Fabio José dos Santos. Ele tinha 37 anos e era Fisioterapeuta.

O parlamentar faleceu por volta das 8 da manhã, no Hospital São Camilo e São Luis, onde permaneceu internado por mais de quatro meses.

Fábio Santos era vereador pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS), e visto no meio político como um parlamentar determinado e empenhado na defesa dos interesses da população santanense.

O parlamentar era casado com Luany Favacho (PROS), candidata a vice-prefeita de Santana pela chapa encabeçada por Isabel Nogueira (PT) e cunhado do vereador Acácio Favacho (PROS), presidente da Câmara Municipal de Macapá (CMM) e do deputado estadual Júnior Favacho (PMDB).

O vereador Acácio Favacho lamentou o corrido. Para ele, com a morte do vereador Fábio Santos, a política santanense fica menor. “Ele era um homem integro, honesto e que defendia as causas sociais”. Declarou.

Fábio Santos, era natural de Campo Belo (MG). Ele era casado com a administradora Luany Favacho, ele deixa um filho, Vítor Santos, de 9 anos.

O velório de Fábio Santos acontece na Câmara Municipal de Santana e o sepultamento ocorre nesta quarta-feira, 7, no cemitério da cidade.

Cientistas criam vacina contra hepatite B administrada por spray nasal.

HEPATITE BPesquisadores de Portugal desenvolvem nova vacina contra hepatite B administrada por spray nasal

Segundo o estudo da Universidade de Coimbra, dessa forma, ela será mais eficaz do que a injeção e com valor reduzido.

A formula foi testada de forma positiva em ratos e, segundo a pesquisa, poderia se estender à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

O objetivo é criar uma vacina genética para países em desenvolvimento e com falta de profissionais da saúde, como enfermeiros.

Além disso, segundo os estudiosos, esta seria uma forma de eliminar as complicações que podem ser geradas a partir da injeção, como as infecções pela reutilização das seringas.

A hepatite B é uma doença infecciosa do fígado, causada por um vírus que se propaga principalmente pela saliva, o sangue, o sêmen ou por qualquer líquido corporal de uma pessoa infectada.

Macapá-Amapá: 47 mortes violentas registradas no mês de Agosto.

violenciaA Capital do Amapá, Macapá, continua sendo uma das cidades mais violentas do mundo, com números assustadores de mortes violentas registradas todos os meses.

Conforme balanço dos dados enviados pelo CIODES à imprensa, no mês de agosto/2016, pelo menos 47 pessoas foram vítimas fatais, provocadas por arma de fogo, acidentes no trânsito, arma branca e pauladas.

Foram 16 homicídios em todo o Estado, com maioria na cidade de Macapá. Todos eram do sexo masculino, e em vários casos, as vítimas tinham antecedentes criminais.

Artigo: Dom Pedro Conti

Pedro_ContiA resposta

Dom Pedro José Conti

Bispo de Macapá

Um jovem queria entrar num mosteiro onde, tinha ouvido dizer, o superior era um grande santo. Apresentou-se na portaria e pediu para falar com o dito superior. Este mandou perguntar o que ele queria.

 – Entrar no mosteiro – foi a resposta do jovem.

– Se for por isso, fique sabendo que todos aqueles que quiseram entrar tiveram que superar uma prova muito difícil. Deve encontrar a resposta ao quesito que lhe será proposto. Quando souber responder, poderá voltar, e o superior ficará bem feliz de acolhê-lo.

Logo que lhe foi colocada a pergunta, o jovem partiu em busca da resposta. Leu livros, consultou homens sábios e cultos, mas sem encontrá-la. Anos se passaram. Quando já tinha quase perdido a esperança, resolveu juntar as últimas forças para uma última tentativa e, finalmente, numa terra longínqua, encontrou a resposta ao quesito. Voltou para o mosteiro. Entregou a resposta para o porteiro que, rapidamente, deu-lhe o recado do santo superior. A resposta estava certa, mas agora ele devia esperar ainda mil e um dia; só depois seria admitido no mosteiro. O aspirante a monge ficou feliz, também se decepcionado pelo novo prazo. Curioso, perguntou ao porteiro:

– O que teria acontecido se não tivesse trazido a resposta certa?

– Neste caso – respondeu o monge – você teria sido acolhido imediatamente. Se tivesse desejado mesmo, de coração, entrar no mosteiro, teria deixado de lado o seu orgulho e teria dado o primeiro passo rumo à sabedoria.

O evangelho deste domingo pode nos deixar com alguma dúvida. De um lado, Jesus parece ser totalmente radical. Fala de um desapego geral: renunciar a tudo, aos laços primários de todo ser humano como os afetos familiares e, espantoso, até à própria vida. Do outro lado, parece nos convidar a sermos prudentes, a pensar bem, a calcular e a negociar. A dúvida está, portanto, na escolha decisiva – por que tanta exigência? – e também na nossa capacidade de dar conta, ou não, do compromisso assumido.

A resposta talvez esteja no primeiro versículo da leitura: “grandes multidões acompanhavam Jesus”. Nós, talvez, ficaríamos felizes de ter tantos seguidores. Sempre somos tentados a medir o valor de uma pessoa pelo número dos admiradores, dos fãs, dos torcedores ou dos votos ganhos em tempo de eleição. Nas redes sociais, basta digitar poucas palavras para nos tornarmos “seguidores” de alguém. Até do próprio Papa Francisco, se quisermos. No entanto, a Jesus não interessavam as multidões. Não porque não quisesse seguidores. Ele mesmo chamou pessoas a segui-lo, incluindo Judas, o traidor. Mas não discípulos de qualquer jeito. Multidões para hoje aplaudi-lo e, amanhã esquecê-lo, ou crucifica-lo, não! Simplesmente porque Jesus não buscava o seu sucesso pessoal. O que ele queria era ajudar os possíveis discípulos a, eles mesmos, fazerem uma escolha que desse sentido pleno às suas vidas. Algo de tão importante e valioso que iluminasse todo o seu agir.

Falando de nós, que tentamos ser discípulos de Jesus. Existe um amor que explique todos os nossos amores? Uma esperança que motive todos os nossos esforços? Uma certeza que não se abale apesar das traições, decepções, fracassos, desistências nossas e dos nossos companheiros de caminhada? Neste mundo tudo passa, por isso, nada de puramente humano, nenhuma criatura, pode satisfazer plenamente a nossa sede de amor, de alegria, de sentido da vida. Somente Deus pode nos amar sem nunca desistir ou decepcionar. Jesus nos pede a entrega total porque ele quer nos devolver toda a beleza da existência humana, sem os limites, as incertezas, as infidelidades que condicionam as nossa s decisões e os nossos compromissos, para amar como ele amou. Esta “decisão”, porém, que parece tão nossa, é também um dom que devemos pedir. Negociar ou calcular é reconhecer que se fosse somente por nós, nunca daríamos conta. Mas, se formos humildes, se aceitarmos as nossas fraquezas, se pedirmos a sua ajuda, não somente ele nos chama a segui-lo a cada dia, ele nos dá também um coração livre e corajoso, capaz de amar até o fim. Sem perder tempo.

Crime Virtual: No Amapá, militante político alimentava página fake no facebook

blac jefO militante político e atual candidato a vereador pelo PSB-AP, Jefferson Morais Sampaio, alimentava um perfil falso, na rede social Facebook, com o pseudônimo de “Black Bloc AP”, onde criticava opositores à sigla PSB no Estado do Amapá.

Na página, que ainda está on line, é possível ver vários posts, que incitam à violência, assim como palavras ofensivas à várias pessoas. Uma delas foi o jornalista Seles Nafes, que dirige um site, com sede na capital, Macapá.

blac ap 1Após vários meses de investigações, as forças policiais descobriram o verdadeiro nome do internauta.

decisão justiçaCaracterizado como crime cibernético, conforme legislação vigente no País, o jovem teve que pedir desculpas ao jornalista por tais agressões, conforme acordo feito na Justiça do Amapá.

LEIA A NOTA

“Amigos, quero pedir desculpas ao jornalista Seles Nafes por todas as ofensas proferidas por mim, Jefferson Sampaio, verdadeiro responsável pelo perfil “Black Bloc AP”, e à sua esposa Jane Moreira Viana. Pois fiz postagem atingindo a honra de ambos, narrando fatos inverídicos e desabonadores. Essa retratação obedece acordo feito na Justiça Criminal, no processo 0037702-60.2016.8.03.0001″